O poder dos antioxidantes uma “poção mágica” contra o envelhecimento

Want create site? With Free visual composer you can do it easy.
A capacidade de nos mantermos jovens depende em muito de uma alimentação saudável, exercício diário, uma atitude positiva e um estilo de vida coerente, embora uma certa dose relativa de hereditariedade à mistura também ajude. O que significa que a natureza nos fornece tudo o que precisamos, mas que nem sempre é utilizado da melhor forma.
As doenças não são uma questão de idade, mas sim o resultado da acumulação de más práticas. Os antioxidantes exercem um papel fundamental no controlo dos prejuízos porque:
– ajudam a prevenir doenças relacionadas com a idade;
– estimulam o sistema imunitário, protegendo o corpo de doenças e infeções que podem conduzir a uma morte prematura;
– protegem o sistema nervoso e o cérebro de danos causados por falta de oxigénio e associados à perda de memória que ocorre com a idade;
– atrasam o relógio biológico, prevenindo ou, pelo menos, diminuindo as consequências do envelhecimento.
Os estragos dos radicais livres nas células do nosso código genético aumentam com a idade. Consequentemente, tudo o que possa reduzir a produção ou interação dos radicais livres no nosso organismo, incluindo os antioxidantes, torna-se importante na nossa luta contra o envelhecimento.
Os efeitos dos antioxidantes no corpo humano 
 
Existem vários estudos que demonstram os benefícios dos antioxidantes. Seguem-se alguns dos mais pertinentes:
– um estudo do Brigham Women´s Hospital, em Boston, concluiu que as mulheres com elevada quantidade de antioxidantes no sangue têm menos 35 por cento de probabilidades de desenvolver um cancro mamário;
– investigadores da Universidade de Utah descobriram que as mulheres com baixas quantidades de vitamina E no organismo apresentam mais de o dobro das probabilidades de desenvolverem um cancro retal, do que as mulheres que consomem mais vitamina E;
– cientistas da Escola de Saúde de Harvard atestam que os homens que enchem o prato de alimentos ricos em antioxidantes como frutas e vegetais, diminuem os seus riscos de sofrerem um ataque cardíaco em 41 por cento;
– as pessoas que têm dietas à base de antioxidantes podem reduzir o risco de desenvolver a diabetes em 41 por cento, segundo um estudo da Escola Pública de Saúde do Instituto de Helsínquia.
Um organismo bem fornecido de antioxidantes manterá uma aparência mais jovem, um corpo mais saudável e uma mente mais sã.
Alimentos ricos em antioxidantes 
 
Estes são apenas alguns dos mais ricos alimentos em antioxidantes, sobretudo aqueles que ajudam a combater o envelhecimento:
Azeite
– Nozes
– Couve-flor
– Alho
– Mirtilo

Referência: Idade Maior

Siga as Clínicas BodyScience no Facebook e subscreva a nossa newsletter para estar sempre sempre a par das nossas novidades e conselhos! Relembramos que pode marcar a sua consulta de avaliação gratuita nas nossas Clínicas e dar o primeiro passo para ter uma vida mais saudável!

adds_fb_bodyshape_001

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.