Dieta Mediterrânica e Saúde Cardiovascular

1147
Want create site? With Free visual composer you can do it easy.

Os efeitos benéficos da dieta mediterrânica estão bem estabelecidos e são do conhecimento geral. Aliás, não é por acaso que foi reconhecida como Património Cultural Imaterial da Humanidade, pela UNESCO.

Dados recentes (2015) apresentados na Sessão Científica Anual da American College of Cardiology, demonstram que a dieta mediterrânica constitui um tipo de alimentação com vantagens para todas as pessoas: independentemente do género, da idade, quer sejam indivíduos saudáveis ou com patologias. A amostra do estudo foi composta por 2.500 indivíduos gregos (residentes na zona de Atenas), de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 18 e os 89 anos, que foram acompanhados desde o ano de 2001 a 2012.

Elimine a gordura localizada, combata a celulite e trate a flacidez.
A beleza de um corpo saudável!
Marque Já a sua Consulta de Avaliação Gratuita

Doença cardíaca define-se como um conjunto de condições de saúde que inclui AVC, doença cardíaca coronária causada por deposição de placas de gordura nas paredes das artérias e síndromes coronários agudos como enfarte.

Os participantes que tinham melhores pontuações no que diz respeito à adesão à dieta mediterrânica (indicando que seguiam “à risca” esse regime) tinham 47% menos probabilidade de desenvolver doença cardíaca ao longo do período de 10 anos de acompanhamento, comparando com os participantes que não seguiam este estilo-de-vida. Esta diferença foi independente de outros factores de risco de doença cardiovascular, incluindo idade, género, história familiar, índice de massa corporal, hábitos tabágicos, hipertensão, diabetes e níveis de colesterol elevados.

Em que consiste?

Apesar de não existir uma dieta mediterrânica “rígida”, este tipo de alimentação enfatiza o consumo de frutas e vegetais, cereais integrais, leguminosas, frutos secos, peixe, azeite e até um copo de vinho tinto. Uma vez que este tipo de alimentos são de fácil acesso e estão disponíveis à escala mundial, a adopção deste tipo de alimentação acaba por se tornar numa via muito saudável para reduzir não só o risco de doença cardiovascular mas também de diabetes e hipertensão.

Siga as ClínicasBody Science no Facebook e subscreva a nossa newsletter para estar sempre sempre a par das nossas novidades e conselhos!

Maria Travassos

Nutricionista nas Clínicas BodyScience

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.